quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Brasil

Projeto na Amazônia integra desenvolvimento da região

29 Nov 20 - 16h30 Izadóra Lemos
Projeto na Amazônia integra desenvolvimento da região

Promover o desenvolvimento urbano e sustentável da região Amazônica. Essa é a proposta de um dos três projetos da Universidade da Amazônia (Unama) selecionado pelo Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) na Amazônia Legal, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O trabalho tem como objetivo ajudar a consolidação do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (PPDMU) da Universidade da Amazônia a partir de melhorias das ações desenvolvidas pelos especialistas em sustentabilidade urbana e ambiental, políticas públicas e qualidade de vida da região. Para isso será criado o Laboratório Virtual de Modelagem e Análise Socioambiental Urbanas (Laurb) que apoiará as pesquisas focadas nas relações bilaterais de causa e efeito entre a ação do homem e suas consequências diretas e indiretas no meio ambiente.

O Programa busca a integração dos PPGs da região priorizando três eixos de inovação e consolidação como ferramenta para o desenvolvimento. O primeiro deles, a Inserção Social e Regional, fortalecerá a importância do programa para sociedade, tanto na formação de profissionais quanto no enfrentamento dos desafios locais e regionais do desenvolvimento urbano e ambiental.

O segundo eixo, Parcerias e Cooperações, está ligado à necessidade de estabelecer e ampliar a integração e cooperação com demais PPGs da região amazônica, e promover a aproximação com instituições e órgãos da gestão das cidades amazônicas e de seus serviços públicos.

Por fim, o terceiro trata da Disseminação do Conhecimento e Visibilidade. Sua finalidade é a melhoria das práticas de divulgação do conhecimento produzido considerando indicadores de produção bibliográfica, mas também a organização de eventos que promovam a integração de programas da Região Amazônica e auxiliem o êxito dos eixos anteriores.

Para Ana Vasconcelos, pró-reitora de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão da Unama, o projeto possui missão integradora: “Com isso, propiciaremos resultados e subsídios ao poder público ou privado, com ferramentas, plataformas e informações territoriais, bases de dados socioambientais e urbanos relevantes para o bem-estar das populações urbanas, auxiliando na gestão, planejamento e desenvolvimento urbano em cidades amazônicas, em diversas áreas”.


PDPG Amazônia Legal

O Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) na Amazônia Legal vai incentivar o desenvolvimento dos PPGs, em áreas estratégicas na região da Amazônia Legal. Serão oferecidas 488 bolsas: 130 para mestrado, 90 para doutorado e 268 para pós-doutorado. O investimento em cada projeto será de R$627,2 mil, dos quais R$200 mil são destinados ao custeio. A Amazônia Legal corresponde a 59% do território brasileiro e engloba nove estados: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e o Maranhão.

A seleção considerou como áreas estratégicas a Biotecnologia, Biodiversidade, Conservação e Recuperação Ambiental, Saúde Pública, Doenças Tropicais e Tecnologias para o Trabalho em Saúde, Combate e Prevenção Voltados ao Enfrentamento de Epidemias, Engenharias, Tecnologia de Informação e Comunicação, Clima, Energia e Recursos Hídricos, Produção Animal e Vegetal Sustentável, e Diversidade Sociocultural, Sustentabilidade e Atividades Socioeconômicas.

Via: Ministério da Educação - Foto: Divulgação


Envie sugestões de Pautas ou Fotos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.