quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Cascavel

NATAL: População abraça a causa e adota mais de 500 cartinhas

02 Dec 20 - 14h06 Izadóra Lemos
NATAL: População abraça a causa e adota mais de 500 cartinhas

Que tal ser o Papai Noel de uma criança? Esse foi o convite que a Secretaria de Assistência Social fez aos cascavelenses para alegrar o Natal das crianças e adolescentes de famílias em situação de vulnerabilidade social do Município.

Como sempre, o povo solidário de Cascavel abraçou a causa e todas as 519 cartinhas das crianças que são atendidas pelas unidades do CRAS Riviera, Praça CEU, Eureca e CCI Cascavel Velho, foram adotadas.

Os presentes devem ser entregues até a próxima terça-feira, dia 8 de dezembro. A equipe da Seaso tem com o contato do candidato a Papai Noel e combinará a retirada do presente ou ainda pode ser entregue diretamente na Secretaria de Assistência Social, que fica na Rua Pernambuco, nº 1.900, ao lado da Prefeitura.

A Campanha “Neste Natal adote uma cartinha” já é uma tradição em Cascavel. Em menos de 10 dias, todas as cartinhas já tinham padrinhos. “Nos surpreendemos com à adesão dos cascavelenses. Aos que adotaram, só temos a agradecer, pois são parceiros maravilhosos e que se sensibilizaram nesse ano tão difícil para fazer a alegria das nossas crianças e adolescentes. Nosso muito obrigado a todos os parceiros”, gerente de Proteção Social da Seaso, Poliana Lauther.

Dentre os pedidos estão brinquedos, material escolar, cestas de doces e de alimentos, entre outros.

A entrega dos presentes para as crianças será seguindo todos os protocolos de saúde por conta da pandemia de coronavírus, com uso de máscara, distanciamento e disponibilização de álcool em gel.


Confira o cronograma de entregas:

CEU - 16/12

Às 9h e às14h


CRAS Riviera 21/12

Às 13h30


CCI Cascavel Velho - 17/12

Às 8h30 e às 13h30


EURECA 2 - 17/12

Às 9h30 e às 13h30

Via: Assessoria - Foto: Assessoria


Envie sugestões de Pautas ou Fotos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.