terça-feira, 27 de julho de 2021

Paraná

Estado contrata médicos para atuar em plataforma de telessaúde

03 Dec 20 - 07h16 Izadóra Lemos
Estado contrata médicos para atuar em plataforma de telessaúde

Via: Agência Estadual de Noticias - Foto: Divulgação/AEN

O Governo do Estado está com seis novas vagas abertas para médicos atuarem em atividades de combate e prevenção ao coronavírus no aplicativo Saúde Online Paraná. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (acesse). Os candidatos serão escolhidos por ordem cronológica de inscrição.

O Saúde Online Paraná, lançado em novembro, é uma plataforma inovadora que conecta pacientes e profissionais da saúde de forma personalizada. A ferramenta combate a Covid-19 e seus efeitos psicológicos, além de possibilitar o monitoramento de doenças crônicas, que podem agravar o quadro clínico de pessoas contaminadas.

“Estamos selecionando profissionais qualificados para reforçar as medidas preventivas de saúde física e mental. O aplicativo possui diversas funcionalidades gratuitas e inovadoras que podem ser acessadas pelo público”, destacou o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona.

Os médicos deverão estar regularmente inscritos no Conselho Regional de Medicina do Paraná e os valores da bolsa variam de R$ 2 mil, para carga horária de 20 horas semanais, e R$ 3 mil para uma carga horária de 30 horas semanais. Acesse o edital completo.


APLICATIVO 

No app, disponível inicialmente para Android na Play Store, as pessoas poderão acessar informações oficiais sobre o novo coronavírus e receber atendimento de profissionais da saúde de plantão, tanto para buscar orientações relacionadas à Covid-19 quanto para outras doenças.

A plataforma localiza as unidades de saúde mais próximas ao cidadão e apresenta informações sobre atendimentos. Em breve, o aplicativo estará disponível também na App Store para IOS.

As pessoas cadastradas no aplicativo podem incluir os familiares que não possuem dispositivos móveis com acesso à Internet. Depois do cadastro, os pacientes passam por uma triagem rápida, selecionando as seguintes opções: Suspeita de Covid-19; Retorno de Covid-19 positivo; e Contato com Covid-19 positivo.

De acordo com o resultado da triagem, ele pode ser encaminhado a uma unidade de pronto atendimento ou fazer uma consulta remota com os médicos da plataforma, no período das 8h às 23h, diariamente. As consultas são realizadas pelo próprio aplicativo, por meio de teleconsulta.

Caso seja necessário, os médicos podem prescrever medicamentos e emitir atestados digitais. Os profissionais que atuam no teleatendimento têm acesso ao histórico completo de consultas anteriores, agilizando os diagnósticos e prognósticos.


Envie sugestões de Pautas ou Fotos, para o nosso Whatsapp que a nossa equipe irá atender você.
Entre no nosso grupo do WhatsApp: Clicando Aqui

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.